“Vontade dos Omnipotentes Illuminatis: EXTERMÍNIO” de John Santos

BEBÊ

É verdade que alguns vírus foram intencionalmente “semeados” em certos Países, em certas regiões, e que mesmo esta doença contagiosa se desenvolveu pelo contacto dos doentes, em viagens, em grupos, ou pela proximidade, nas escolas.

Mas não está aqui o verdadeiro motivo, porque ela não é mortal.

A verdadeira pandemia a temer está nessa vacinação obrigatória decidida pela “omnipotência” daqueles que têm a Autoridade sobre todas as pequenas autoridades deste Mundo.

Estas vacinas contêm, para alguns de entre os que vão passar entre os mais inofensivos, um produto não apropriado para a gripe, e que não pode, em caso algum, nem prevenir e muito menos curar.

Esta vacinação é como o jogo mortal da roleta russa.

Fará desaparecer, ao acaso, um grande número de indivíduos que morrerão como consequências de uma má gripe.

E é aí mesmo que se contará um grande número de indivíduos que morrerão apenas pela vontade dos Omnipotentes que se julgam imortais e futuros proprietários de toda a Terra.

Nem todos se chamarão “criminosos”, pois nem todos estarão a par ou ao corrente daquilo que se trama.

Por outro lado, todos os que forem chamados a vacinar as populações, ao saber o que se vai produzir, serão criminosos por nisso terem participado.

Por isso, esta Mensagem, como tantas outras que irão circular pelo Mundo, passará a ser “Mensagem de DEUS” porque toda a Humanidade é divina, uma vez que é “Criação de DEUS” e ninguém tem o direito de exterminar o homem, como, aliás, o animal.

O homem deve respeitar toda a natureza, incluindo a água, o ar e todos os animais, como deve respeitar-se a si mesmo.

É DEUS que dá a VIDA. Ninguém tem o direito de levar o seu próximo para uma morte certa. Nem todas as vacinas puderam ser verificadas.

É uma vacinação sistemática que se organiza.

(22 de Agosto 2009)

Anúncios

15 comentários sobre ““Vontade dos Omnipotentes Illuminatis: EXTERMÍNIO” de John Santos

  1. PERIGO DA TV
    ANALISE COMIGO ALGUNS PERIGO CAUSADO PELO VICIO DAS NOVELAS E NVEJA SE VOCE CONCORDA COMIGO:
    1-TOME COMO O PRINCIPIOS MORAIS BIBLICOS: HOJE TUDO E LICITO:
    2-LANÇAS POR TERRA AS VERDADES BIBLICAS E AS PISA; PROPAGA A MENTIRA.
    3-INCUTE NO INCANCIENTE HUMANO O MATERIALISMO; ASSIM COMO OS SEUS VALORES; POSUI DINHEIRO COM A MENTIRA.
    4-PREDISPOE O TELESPECTADOR A DESTORÇÕES DA SEXUALIDADE;
    O OMOSEXISSUALISMO E LESBIANISMO.
    ACEITA COM FACILIDADE A VIOLENCIA E ATE MESMO UM COMPORTAMENTO AGRECIVO:
    VIVE NUM MUNO DE FANTAZIA DE MENTIRA
    5-OFERECE UMA FUGA DA REALIDADE;
    E VIVE NUM MUNDO DE FAZ DE MANTIRA:
    TORNANDO DIFICIL VOLTAR PARA O MUNDO DA REALIDADE. EN ACEITAR A VIDA COMO ELA E;
    6-CAUSA VICIO; CRIANDO ILUSÕES E ANESTISIADO A CONCIENCIA;
    A CONCIENCIA FICA CAUTERISADA;
    ASSEITA TUDO; E ACHA NORMAL;
    7-ROUBA O TEMPO DA FAMILIA E DO CRECIMENTO ESPIRITUAL;
    DEZAGREGA A FAMILIA NA MENMA CASA;
    NÃO TEM COMUNICAÇÃO. QUANDO VE ANOVELA
    UMA PSICOLOGA E PROFESSORA; DISSE QUE FORAM INTREVISTADA 1700 CRIANÇAS E 100% DELAS ASSISTIAM AS NOVELAS… E A COMVERSA DELAS ERA SO SOBRE O QUE TINHA ASSISTIDO NA TV:
    ELAS ESTÃO SENDO MOLDADA PALA CULTURA DO TUDO E LICITO;
    DISSE UM PASTOR QUE E A ERA DO FICAR;SEM COMPROMISO
    MUITOS ESTÃO FICANDO COM JESUS NO SABADO
    E OS 6 DIAS DA SEMANA FICAM COM SATANA;
    ESSA E A CULTURA QUE QUEREMOS PARA NOSSOS FILHOS?
    A PCICOLOGA DIZ QUE AS NOTICIAS DOS TELES JORNAIS CRIA UM IMPACTO MUITO GRANDE EMOCIONAL NAS CRIANÇAS;
    ELAS ACOSTUMAM COM A VIOLENCIA E SANGUE;
    IMAGINEM; COMO ESSAS PESSOAS VÃO CRIAR SEUS FILHOS DA QUI HÁ 20 ANOS.
    O QUE SERÁ DO CRISTIANISMO PARA O FUTURO;

  2. Amados, sabemos que foi travada uma batalha com o homem, no Eden. Deus enviou Jesus Cristo para nos salvar da morte eterna, porém esta batalha Jesus veio para,também, nos ensinar a vencê-la.Vemos que o inimigo está avançando; a Bíblia diz que os filhos das trevas não dormem. E o homem? -Está dormindo demais; é hora de acordar: eu quero convocar a todos os cristãos, que expulsem o diabo da terra,todos os dias ao levantar da cama, pois somente assim, estarão verdadeiramente acordados.”Resisti ao diabo e…?” Fugirá também da terra!
    A terra foi dada ao homem, o qual abriu a guarda para o inimigo; é por isso que o próprio homem tem que vencer o inimigo e expulsá-lo daqui.Jesus veio trazer o Reino de Deus, e o homem continua no outro reino, perdendo a batalha.Portanto, é hora de ACORDAR!!!!!
    Que todas essas vacinas sejam anuladas em seu efeito maléfico, em nome de Jesus!Digam toooodos!!!!Profetizem!!!!!!!! “Temos o PODER DE DEUS EM NÓS!”
    (Efésios 6:12) – “Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.”
    Que Deus abençoe e guarde a todos, em nome de Jesus!
    Telma
    PS: Todos os sites cristãos estão convocados, a divulgar esta “campanha da expulsão do mal”.E a vitória é nossa, pelo sangue de Jesus!

  3. nossa quanta crueldade com as pessoas esses iluminantes fazem com as pessoas isso é de mais o que eles ganham com isso? pq sé fazer o mal para as pessoas é bom…

  4. Êxodo
    Analise bem:

    Êxodo 20
    1
    Então falou Deus todas estas palavras, dizendo:
    2
    Eu sou o SENHOR teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.
    3
    Não terás outros deuses diante de mim.
    4
    Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
    5
    Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.
    6
    E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.

  5. A TV trás em si toda imagem de escultura, ou em semelhança, toda imagem que há nos céus, nas águas, na terra, embaixo da terra.

    As pessoas assistem à TV e fazem tudo o que está lá, usam o que lá está, comem, bebem e repetem até os comportamentos.

    Santa Palavra de DEUS, escrita há milhares de anos e tão viva, atual e eficaz.

  6. Mulher de minissaia tem mais chance de ser estuprada
    Um estudo da Universidade de Leicester, na Inglaterra, mostrou que mulheres que bebem álcool, usam saias curtas e são mais extrovertidas têm maiores chances de ser estupradas. Psicólogos descobriram que os três fatores têm peso na decisão do homem forçar uma mulher a fazer sexo contra sua vontade. Quanto mais curto o vestido e mais expansiva a mulher, é menos provável que o homem aceite uma não como resposta.

    Sophia Shaw, que participou do estudo, afirma que os homens mostraram uma propensão surpreendente a coagir mulheres para o sexo – principalmente àquelas que eles consideram promíscuos. “A pesquisa mostra que os homens estão coagindo as mulheres para ir para a cama e não só atraindo-as”, disse Shaw. “Fiquei surpresa de veres quão longes homens comuns estão dispostos a ir.”

    Shaw e sua equipe recrutaram 101 homens, com idades de 18 a 70 anos. Eles responderam a um questionário com uma escala de coerção sexual que ia de 1 a 27, sendo que 1 significava ser convidado para entrar na casa da mulher e 27 sendo o estupro. Os homens tiveram que imaginar várias situações envolvendo o encontro com uma mulher em uma casa noturna e sair com ela. Cada situação envolvia diferenças no tamanho do vestido da mulher, se ela estava bêbada e flertando e o histórico sexual dela.

    Os pesquisadores ficaram surpresos ao perceber quão longe os homens se dispõem a ir antes de desistir da mulher. Vários homens admitiram que iriam a um ponto próximo ao estupro, antes de perceber que a mulher não está interessada em sexo.

    (Hypescience)

    Nota: O comportamento desses homens é deplorável e mostra o nível de distorção que o pecado trouxe ao sexo, que é símbolo do concerto entre Deus e o ser humano e deveria ser algo puro e praticado nos limites do casamento abençoado por Deus. A pesquisa também deve servir de advertência às mulheres no que diz respeito à escolha do vestuário. [MB]

  7. PERIGO DA TV
    ANALISE COMOGO ALGUNS PERIGO CAUSADO PELO VICIO DAS NOVELAS E NVEJA SE VOCE CONCORDA COMIGO:
    1-ROMPE COM OS PRINCIPIOS MORAIS BIBLICOS: VIVE NO TUDO E LICITO:
    2-LANÇAS POR TERRA AS VERDES BIBLICAS E AS PISA; PROPAGA A MENTIRA;
    3-INCUTE NO INCANCIENTE HUMANO O MATERIALISMO; ASSIM COMO OS SEUS VALORES; POSUIR DINHEIRO COM A MENTIRA.
    4-PREDISPOE O TELESPECTADOR A DESTORÇÕES DA SEXUALIDADE; O OMOSEXISSUALISMO E LESBIANISMO.
    ACEITA COM FACILIDADE A VIOLENCIA E ATE MESMO UM COMPORTAMENTO AGRECIVO: VIVE NUM MUNO DE FANTAZIA E MENTIRA
    5-OFERECE UMA FUGA DA REALIDADE; E VIVE NUM MUNDO DE FAZ DE CONTA; TORNANDO DIFICIL VOLTAR PARA O MUNDO DA REALIDADE;.E ACEITAR A VIDA COMO ELA E;
    6-CAUSA VICIO; CRIANDO ILUSÕES E ANESTISIADO A CONCIENCIA; A CONCIENCIA FICA CAUTERISADA; ASSEITA TUDO E A NORMAL;PARA O VICIO DA MIDIA
    7-ROUBAO TEMPO DA FAMILIA, E DO CRECIMENTO ESPIRITUAL; DEZAGREGA A FAMILIA NA MENMA CASA; NÃO TEM COMUNICAÇÃO.
    UMA PSICOLOGA E PROFESSORA; DISSE QUE FORAM INTREVISTADA 1700 CRIANÇAS E 100% DELAS ASSISTIAM AS NOVELAS… E A COMVERSA DELAS ERA SO SOBRE O QUE TINHA ASSISTIDO NA TV: ELAS ESTÃO SENDO MOLDADAS PALA CULTURA DO TUDO E LICITO; DISSE UM PASTOR QUE E A ERA DO FICAR;
    MUITOS ESTÃO FICANDO COM JESUS NO SABADO E OS 6 DIAS DA SEMANA FICAM COM SATANA;
    ESSA E A CULTURA QUE QUEREMOS PARA NOSSOS FILHOS?
    A PCIVOLOGA DIZ QUE AS NOTICIAS DOS TELES JORNAIS CRIA UM IMPACTO MUITO GRANDE EMOCIONAL NAS CRIANÇAS; ELAS ACOSTUMAM COM A VIOLENCIA E SANGUE;
    IMAGINEM; COMO ESSAS PESSOAS VÃO CRIAR SEUS FILHOS DA QUI A 20 ANOS.;
    O QUE SERÁ DO CRISTIANISMO PARA O FUTURO;

  8. Veja entrevista psicóloga que trata homossexuais
    Deus na revista Veja desta semana: “Aceitar as diferenças e entender as variações da sexualidade são traços comuns das sociedades contemporâneas civilizadas. A psicóloga Rozângela Alves Justino, 50, faz exatamente o contrário. Formada em 1981 pelo Centro Universitário Celso Lisboa, do Rio de Janeiro, com especialização em psicologia clínica e escolar, ela considera a homossexualidade um transtorno para o qual oferece terapia de cura. Na semana passada, foi censurada publicamente pelo Conselho Federal de Psicologia (formado, segundo ela, por muitos homossexuais ‘deliberando em causa própria’) e impedida de aceitar pacientes em busca do ‘tratamento’. Solteira, dedicada à profissão e fiel da Igreja Batista, Rozângela diz que ouviu um chamado divino num disco de Chico Buarque e compara a militância homossexual ao nazismo. Só se deixa fotografar disfarçada, por se sentir ameaçada, e faz uma defesa veemente de suas opiniões.” [Leia mais]

  9. O alto preço da pornografia
    A pornografia é um negócio grandioso. Com rendimentos anuais excedendo aos 13 bilhões de dólares nos Estados Unidos e 97 bilhões ao redor do mundo, a indústria pornográfica é maior do que a Microsoft, Google, Amazon, EBAY, Yahoo; Apple, Netflix e EarthLink juntas. Claramente, o apetite por obscenidade é voraz. Mas seria isso ruim? Muitos diriam que não. De acordo com as pesquisas do Barna Group, 38% dos adultos acreditam não haver qualquer imoralidade em ver material de sexo explícito. Além disso, aproximadamente um a cada quatro acredita que não deveria haver restrições quanto à pornografia ou ao seu acesso, a despeito de seu conteúdo impróprio para menores. Infelizmente, 28% dos cristãos “nascidos de novo” acreditam que, mesmo com o que está escrito em Mateus 5:28, não há nada de errado em ver pornografia. O mais triste é descobrir que por volta de 50% dos cristãos e 40% de seus pastores admitem ter problemas com a pornografia. Sob tudo isso está o conceito de que a pornografia seja uma relação particular entre um provedor do mercado livre e seus consumidores. Diferente de outras formas de atividade sexual como a prostituição, o adultério ou o estupro, as consequências negativas, em qualquer das citadas, são apenas vivenciadas pelo usuário. Ainda que a pornografia possa não ser saudável, de acordo com o ponto de vista social, tem pouca ou nenhuma importância. Quanto a todas as preocupações excessivas dos grupos religiosos e conservadores, essa está ultrapassada e inapropriada. Contra tais noções, está a evidência esmagadora da natureza destrutiva da obscenidade, não pelos usuários, mas pelos familiares e a sociedade.
    Os estudos mostraram que as imagens sexualmente estimulantes deixam marcas no cérebro que ativam respostas bioquímicas espontâneas, causando dependência psicológica que influencia comportamentos e hábitos. Por exemplo, em uma audiência do Senado americano em 2004, a Dra. Mary Anne Layden, do Departamento de Psiquiatria da Universidade da Pensilvânia, declarou que o cérebro rastreia os resultados mostrados das imagens pornográficas, da mesma forma que ocorre com usuários de cocaína. Em suma, a pornografia é viciante e na internet ela é como o crack.
    Atraídos pela disponibilidade, acessibilidade e o anonimato, 40 milhões de americanos adultos visitam regularmente os sites de sexo virtual. De acordo com o National Council on Sexual Addiction and Compulsivity (Conselho Nacional sobre o Vicio e a Compulsividade Sexuais), existem entre 18 e 24 milhões de viciados em sexo nos Estados Unidos, 70% dos quais “afirmam ter problemas de comportamento sexual virtual”.
    Muitos descrevem seu vício como sendo uma “vida no inferno”. Como sua tolerância psicológica produz pelo material sexualmente explícito, os usuários são conduzidos a mais e mais imagens pervertidas, a fim de alcançar os mesmos níveis de satisfação sexual. Eles descobriram, assim como C. S. Lewis uma vez propôs, “um desejo cada vez mais crescente por um prazer cada vez menor”.
    O consumidor habitual pode gastar horas procurando na internet por aquela imagem especial que ela espera lhe satisfazer por todo o dia; as procuras estendem-se ao local de trabalho. Uma pesquisa da Nielsen Online descobriu que 25 por cento dos empregados com acesso à internet visitam sites de sexo explicito no escritório, ainda que corram riscos de serem disciplinados ou mesmo demitidos. Mas tais comportamentos não estão limitados aos trabalhadores de nível inferior ou em posições não críticas.
    Só em abril, o inspetor geral da Comissão Americana de Valores Mobiliários (CAVM) descobriu que, em 2008, trinta e um oficiais superiores acessavam pornografia nos computadores do escritório, enquanto o mercado financeiro estava em chamas. Mais recentemente, mesmo com o derramamento sem fim de petróleo BP no Golfo, funcionários do governo responsáveis por supervisionar as atividades de perfuração foram pegos, entre outras atividades, baixando pornografia no local de trabalho.
    No local de trabalho, o vicio em pornografia resulta na perda da produtividade e na negligência de cumprir os deveres, que podem ter efeitos danosos talvez até desastrosos. Em casa, resulta paradoxal e tragicamente em desordens íntimas.

    Como o desejo do viciado é pelas cenas eróticas, sua excitação pela “coisa real” diminui. Os fóruns médicos online estão cheios de preocupações quanto aos homens que perderam a libido pelas mulheres na sua vida após a inclinação prolongada à pornografia. Um homem escreve o seguinte:
    “Desde que coloquei internet de alta velocidade em casa, comecei a ver muito mais pornografia e meu desejo e desempenho sexuais diminuíram lentamente. Agora está se tornando um problema real. Eu simplesmente não fico tão excitado quanto ao sexo como de costume e parece que perco o interesse depois de alguns minutos.”
    Eu sempre me perguntei acerca do mercado frenético de drogas sexuais masculinas que começaram a aparecer na televisão uma década ou mais atrás. Como um vermelho sangue, homem de meia idade, eu tive um péssimo momento, imaginando uma clientela suficiente para comprar todos aqueles produtos. Li registro após registro de homens que se alimentam de pornografia, os quais começaram por uma foto, mas experimentam disfunção erétil (DE) com uma pessoa. Essa é uma experiência masculina comum.
    “É assustador o pouco conhecimento que há na internet de que a DE, causada pelo excesso de pornografia, é um problema bem real… Acredito de fato em toda essa anulação de sentimentos. Embora meu coração e alma estejam em minha esposa, elas não pode fisicamente me excitar.”
    A baixa libido e o medo de falhar fazem com que muitos homens “pornografados” se tornem indiferentes à sua esposa, até irritados ao ponto de evitarem seus avanços românticos.
    Assim como os homens objetificam as mulheres em montantes de seios, coxas e bumbuns, todos unidos para a felicidade masculina, as mulheres se objetificam em espécie. Para competir com aquela modelo das telinhas toda photoshopada, cheia de silicone, as mulheres tentam imitar sua aparência. Lábios com botox, aumentam de seios, bronzeamento, “bumbum brasileiro”, entre muitos outros. A auto-objetificação feminina se reflete, o que se tornou, rapidamente, em um dos presentes mais populares de graduação às garotas: aumento de seios, com preços iguais ou maiores que 4.000 dólares. Não é coincidência o fato de que as demandas de drogas para o desempenho masculino e os aumentos do corpo feminino seguem juntos à explosão da pornografia na internet.
    Às vezes, uma esposa visitará os sites favoritos de seu marido, na esperança de aprender o que o satisfaz. Mas no fim, de coração partido, ela sempre perde para a megera computadorizada. Assim um viciado reflete dolorosamente: “Ela não pode competir; nenhuma garota nunca pode competir com a ficção visual sexual sem fim que a pornografia oferece.”
    A pornografia coloca um enorme estresse no relacionamento, principalmente o casamento. É comum que a esposa do usuário expresse sentimentos de traição, desconfiança e perda de autoestima. Com freqüência, tais sentimentos levam à depressão clínica com feridas psicológicas e emocionais duradouras.
    Com o surgimento da desconfiança e da ferida, muitas mulheres decidem terminar seu casamento em divórcio. Para ter ideia de quantos, dois terços dos advogados presentes na reunião de 2003 da Academia Americana de Advogados Matrimoniais disseram que a pornografia virtual estava envolvida na metade dos casos que representaram. Considerando as consequências negativas do divórcio, sentido principalmente pelas mulheres e crianças, a pornografia, contrariando o movimento do livre arbítrio, é uma doença social grave. E isso inclui a própria indústria pornográfica.
    Shelley Lubben, ex-estrela pornô que abandonou esse mercado, é hoje advogada cristã para os que são vítimas da indústria que lhes é prejudicial física, emocional e espiritualmente. Falando da própria experiência, Shelley diz: “[As atrizes] devem fazer no set o que eles desejam… As garotas… sentem-se como estrelas. São alvos das atenções… Elas não percebem a degradação… Originadas na pornografia, [elas] nem mesmo perguntam se isso é errado… Se afundam nas drogas para dormir. Têm seu [corpo] rasgado… Elas contraem HIV e herpes e se desligam emocionalmente, morrendo.”

    Isso é pelos empregados “voluntários” no mercado, mas e quanto aos involuntários? Um número significativo de pessoas na pornografia no cinema e na internet são vítimas de tráfico internacional de humanos. O Departamento Estadual Americano registra que há mais de 12 milhões de escravos modernos, aproximadamente 1,5 milhão dos quais são forçados para o mercado do sexo. Também são incluídas as vítimas mais jovens da demanda insaciável pela obscenidade infantil.
    Como mencionado anteriormente, o consumo habitual leva à tolerância psicológica, que cria um desejo crescente pelas imagens distorcidas e chocantes. A escalada no desvio leva com frequência à pornografia infantil.
    O Departamento de Justiça Americano estima que haja quase 100 mil pedófilos em todo o mundo, que mantêm a internet cheia de mais de um milhão de imagens pornográficas de crianças, que nem são adultas nem consentiram com isso por qualquer definição racionável. Há vítimas que vive o mesmo tipo de efeitos físicos e psicológicos assim como outras crianças abusadas sexualmente, mas com uma diferença. Agregadas às memórias do abuso em si, estão as imagens degradantes que permanecem “lá fora”, escondidas nas gavetas da escrivaninha ou arquivos eletrônicos, prontos para reaparecer a qualquer momento ao redor do mundo com o clique de um mouse e a re-traumatização da vítima.
    Homens, mulheres e famílias, cristãos ou não cristãos, leigos e clérigos, adultos e crianças, empregados, local de trabalho e a indústria. Não há segmento da sociedade que não seja tocado pelos tentáculos corrosivos da pornografia, a um custo financeiro inestimável e um custo humano para o qual nenhuma cifra de dólar pode ser assinada.
    (Regis Nicoll é colunista da BREAKPOINT, Salvo e Crosswalk, além de contribuir para o blog da Irmandade da Prisão, The Point; tradução Elizandra Milene da Rocha)

  10. A Integridade Moral do Profeta Eliseu Mas os que querem ficar ricos caem em tentação,
    e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. “Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores” (1 Tm 6.9-10).
    Um homem íntegro. Integridade moral, de caráter, de fé. Ao saber que poderia pedir o que quisesse a Elias, quis apenas “uma porção dobrada do espírito” do profeta. (2 Reis 2.9). Essa unção valeria muito mais do que mil barras de ouro.
    A sua retidão de caráter se revelou de forma cristalina quando recusou uma (RECONPEÇA)” de Naamã. O poderoso chefe do rei da Síria iniciou viagem com “10- talentos de prata, seis mil siclos de ouro e dez mudas de roupas” (5.5). Uma fortuna equivalente a mais ou menos trezentos e quarenta quilos de prata e setenta e cinco quilos de ouro, afora as roupas. As portas estariam abertas para ele e seria recebido com honras.CP-5-VR-4-A MENINATESTIFICOU DO SEU DEUS
    NAAMÃ
    Habituado às reverências e aplausos na casa real, ficou decepcionado com a recepção que lhe dera Eliseu. Pensou que o profeta estaria perfilado, ele e seu moço, à porta de sua casa para saudá-lo. Não se pode negar que, fosse nos dias atuais, Naamã ficaria mui alegre. Teria imediato assento ao lado do celebrante, no púlpito, e seria o primeiro a dar seu testemunho antes e depois da cura.
    Por isso, Naamã muito se indignou:
    “Eis que eu dizia comigo: Certamente ele sairá, por-se-á em pé, invocará o nome do Senhor seu Deus, e passará a sua mão sobre o lugar, e restaurará o leproso” (5.11).
    Há muitos apressadinhos que desejam uma solução rápida para seus problemas. Uma palavra mágica, uma oração urgente, um amuleto em que possam tocar e ficarem sarados. E ricos, muito ricos.
    Deus não deseja curar apenas nossos males físicos. Muitas vezes, Ele nos faz caminhar pelo vale da sombra da morte, por caminhos que se nos parecem difíceis, portas e caminhos estreitos para quebrar nossa soberba. Não há vitória sem luta, —-como não há salvação sem arrependimento.
    Naamã, que tinha um exército sob suas ordens, jamais imaginou que fosse obrigado, pelas circunstâncias, a submeter-se a um humilde homem. O profeta não se deu ao trabalho de falar pessoalmente com o poderoso chefão. Mandou um mensageiro
    “Vai, e lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne será curada e ficarás purificado” (5.10).
    Naamã recebeu o recado como um insulto, uma afronta. Não aceitaria tal ultraje. Ele era o chefe do exército do rei, do rei da Síria. Merecia tratamento honroso. Mas resolveu ouvir o conselho de seus servos; olhou para a lepra que avançava; de que adianta ser um general de guerra e ser leproso? Será que esse tal de Eliseu não sabe que eu sou um homem rico?
    A lepra do pecado é muito mais danosa. Eliseu poderia curar Naamã com poucas palavras
    Mas o leproso voltaria com a mesma soberba. Banhar-se no Jordão sete vezes seria equivalente a descer à casa do oleiro, a assimilar o princípio da obediência. Se Naamã tomasse seis banhos e não sete, não ficaria curado. Deus requer submissão total; entrega total; confiança total
    Após a cura, outra decepção. Instado a receber muitos quilos de ouro e prata como retribuição pelo benefício divino, o profeta simplesmente recusou. É possível que ele Naamã não sabia que existia esse tipo de homem. Pensava que todas as consciências poderiam ser compradas e todo o tipo de fortaleza moral poderia ser vencido com ouro e prata. Diante do que temos visto, o que os leitores acham que aconteceria hoje? Com certeza, receberia Naamã uma oração especial de meia hora; seria apresentado às ovelhas como o irmão Naamã, o maior benfeitor do ministério; seu nome seria colocado numa placa de ouro, em homenagem ao “grande homem de Deus”; seria convidado a ser dizimista da igreja.não tenha convertido,
    Naamã encontrou no profeta uma fortaleza moral inexpugnável. Eliseu recebeu a unção de graça; de graça recebeu o dom da fé, os Após a cura, outra decepção. Instado a receber muitos quilos de ouro e prata como retribuição pelo benefício divino, o profeta simplesmente recusou. É possível que nem tenha conhecido o montante da “bênção, dons espirituais, a capacitação e a salvação. Receber uma oferta logo após uma cura seria mercadejar os dons recebidos
    O profeta era homem justo e temente a Deus. Sua resposta a Naamã foi uma ducha de água fria:
    “Vive o Senhor, em cuja presença estou, que não a aceitarei” (5.16). Faço questão de repetir: “EM CUJA PRESENÇA ESTÁ”. Eliseu tinha plena convicção de que Deus estava naquele lugar. “Da mesma forma Deus está presente nas falcatruas do SERVO de Deus” de hoje. A diferença é que Eliseu era íntegro.Geazi, o moço de Eliseu, não tinha o mesmo pensamento e a mesma integridade. Por isso, recebeu o duro castigo de ficar leproso: “Portanto a lepra de Naamã se apegará a ti e à tua descendência para sempre” (5.27).
    Alguns há que não sabem manipular grandes quantias em dinheiro sem se contaminarem. Os geazitas de hoje estão leprosos. São “profetas” a “apóstolos” leprosos. Deveriam se espelhar na integridade moral de Eliseu para servirem de exemplo para o rebanho. Deveriam ter vida “irrepreensível”. Porém, fazem moucos seus ouvidos à advertência do apóstolo:
    “Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas e segue a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão” (1 Tm 6.11).
    Em cada mil fracassos na esperança de cura eles pinçam um que deu certo (e daria certo em qualquer circunstância, fosse em casa, no hospital, no trem ou na igreja, pois na soberania de Deus Ele iria curar tal pessoa),
    2.Pedro 2:3, 14-15 – “E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita… Tendo os olhos cheios de adultério, e não cessando de pecar, engodando as almas inconstantes, tendo o coração exercitado na avareza, filhos de maldição; os quais, deixando o caminho direito, erraram seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça”.

  11. Joel Antiqueira, minha sugestão para você é que você abra o seu prórpio blog. Este tipo de comentário extenso é maior que o tema de uma postagem, geralmente as pessoas não lêem temas longos, postagens logas, comentários, nem se fala, pior ainda.

    Este tipo de comentário que você colocou no meu blog foi indecoroso e insultante, Já fiz uma postagem sobre pedofilia, o que me custou visitas do FBI; saiba que este seu comentário, que eu só vi agora, já foi visto por eles, pois fui informada da visita deles ao meu blog no início deste mês, foi o pessoal do wordpress que me informou.

    Vou deixar o comentário aqui até que você veja.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s