Bill Gates admite que vacinas são usadas para depopulação humana Sinais Reais de Alfredo

A farsa do aquecimento global insiste em continuar, mesmo quando o Climategate desmascarou a farsa e a comunidade científica acorda para a verdade.

Depois de Al Gore, chega a vez do novo paladino negro Bill Gates fazer seu pronunciamento.

Durante uma apresentação em Fevereiro de 2010 no TED, Bill Gates faz a surpreendente declaração que as vacinas devem ser usadas para reduzir a população da Terra, controlar o aquecimento global e reduzir as emissões de CO2, que já sabemos que é inofensivo ao planeta.

No coração do discurso de Gates está o dogma do Aquecimento Global, o qual diz que a emissão de CO2 emitido por seres humanos é a causa primária pelo aquecimento indesejado da Terra.

Uma vez que essa (falsa) afirmação diz que o aquecimento artificial do planeta é induzido pelo homem, e que o processo será irreversível caso não mudemos nossas atitudes, os proponentes do dogma do Aquecimento Global defendem o ponto que as emissões de CO2 pelos seres humanos devem ser radicalmente reduzidas.

Então entra em cena Bill Gates, que casualmente aborda o assunto.

Durante sua palestra, Gates afirma que uma maneira de alcançar o objetivo da redução de CO2 é reduzir a população humana global .

Ele postula uma equação, dando uma estimativa do CO2 emitido pelo homem anualmente, como vemos abaixo:

CO2 = P x S x E x C

Onde:

P = população humana
S = média dos serviços por pessoa
E = quantidade média de unidades de energia usadas por serviço

C = média de CO2 emitido por unidades de serviço por ano

Assim, CO2 = quantidade projetada de  CO2 emitido pela população inteira por ano

Hoje a Terra possui 6.8 bilhões de pessoas.

Assegurando que a população se dirige perigosamente a casa dos 9 milhões de pessoas, Bill Gates disse:

“… se fizermos um trabalho realmente bom com as novas vacinas, a Saúde e os Serviços de Saúde Reprodutiva (ou seja, a indústria do aborto), poderíamos reduzir a população em talvez uns 10% ou 15%”, o que equivale de 680 milhões a um bilhão e 20 milhões de pessoas.

Só faltou dizer que o resto da população eliminada será através de guerras, das chemtrails e do HAARP, com suas catástrofes criadas…

Mas essa não é a praia de Gates, pois, como o vídeo abaixo mostra, “ele ama vacinas”.


Notem que Gates não fala das vacinas no sentido que todos nós conhecemos, ou seja, aumentar a capacidade de nosso sistema imunológico através da inserção de vírus e bactérias mortos ou atenuados em nossos corpos – melhorando, assim, nossa qualidade de vida.
Pelo contrário, Bill Gates considera que vacinas são desejáveis para reduzir o número da população.
E como?
Basicamente, com todas as propriedades que impeçam pessoas de terem filhos, através da infertilidade, esterilidade e senilidade; vide casos onde a vacina H1N1 foi usada e o número de autistas explodiu.

Sarcasticamente, encontramos no site da Fundação, a citação de Melinda Gates sobre vacinas:

“Vacinas são um milagre – com apenas algumas doses elas podem prevenir doenças mortais por uma vida inteira”.

Agora vejam a matéria publicada no Estadão: 

ONG de Bill Gates contrata FDA para nova vacina.

Morte na África, em outros países pobres, e na China.

Conveniente, não?

Espero que agora todos entendam o porquê da Fundação Bill e Melinda Gates ser uma das maiores patrocinadoras do Banco Mundial de Sementes, o Silo Global de Sementes de Svalbard, formado juntamente pela Monsanto, Rockefeller e Syngenta – todos pertencentes aos Illuminati.

O site da Fundação ainda exibe uma de suas missões:

A Fundação Bill & Melinda Gates é dedicada a trazer inovações na saúde e no aprendizado da comunidade global”.

Quero morrer “burro” e “doente” ao depender de pessoas e instituições assim…

fonte


Nota
Pare e pense!

 
Se existe hoje a necessidade de controlar o número de pessoas no mundo, isso já vem sendo feito há décadas através dos homicídios, do tráfico, das catástrofes “naturais” (harpp?), das drogas, epidemias, fome e pobreza, entre outros.
Porque esses problemas são resolvidos com uma simples vontade política mundial, propositalmente ausente, e que está atrelada aos planos de uma elite inescrupulosa, egoísta, ditatorial.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s