Bolas de Fogo Meteoro risca o céu e explode no meio-oeste americano

Editoria: Astronomia 
Terça-feira, 4 maio 2010 – 08h25 

Observar uma chuva de meteoros durante a madrugada é sempre uma atividade interessante e bastante aguardada pelos amantes do céu. Ver aqueles fragmentos incandescentes riscarem o firmamento não tem preço e vale à pena ficar acordado durante toda a noite.

Chuva de meteoros Eta Aquarídea

Na próxima madrugada, a partir das duas horas até antes do nascer do Sol da quarta-feira, os fragmentos estarão novamente cruzando o céu. Trata-se da chuva de meteoros Eta Aquarídea, formada pelo rastro de partículas deixado pela passagem do cometa Halley.

O Halley descreve uma volta ao redor do Sol a cada 76 anos e a última vez que se aproximou da Terra foi em 1986. Atualmente, o cometa Halley está bem longe da Terra, bem pra lá da órbita de Urano, mas a trilha de poeira gelada deixada por ele pode ser vista duas vezes por ano e ocorre quando nosso planeta cruza a esteira de partículas. Quando isso acontece no mês de maio a chuva é chamada Eta Aquarídea e quando acontece em outubro se chama Orionídea.

Eta Aquarídea, ou Eta de Aquário, é o nome de uma estrela de magnitude 4 da constelação de Aquário. A estrela nada tem a ver com a chuva de meteoros, exceto pelo fato de que o fenômeno parece surgir próximo à estrela. Eta de Aquário se localiza a 156 anos-luz da Terra e seu brilho é 44 vezes mais intenso que o Sol.

Chuva de meteoros

A chuva de meteoros acontece quando os fragmentos penetram a atmosfera da Terra. Nesse momento, o atrito com as partículas presentes na alta atmosfera é tão grande que os fragmentos gelados se incandescem. Isso ocorre a aproximadamente 100 km de altitude e produzem o típico rastro no céu.

Vendo a chuva

A chuva em Eta de Aquário ocorre entre os dias 21 de abril e 12 de maio, com seu ponto máximo entre os dias 5 e 6 de maio. Portanto, quem esteve observando os céus nestes dias pode ter presenciado alguns fragmentos. Normalmente são esperados entre 20 e 60 meteoros por hora, mas não espere um espetáculo semelhante aos fogos de artifício, principalmente nas grandes cidades e locais mais claros.

Para ver a chuva, localize a constelação de Aquário com a ajuda da carta celeste mostrada no topo da página. A chuva pode ser vista a partir das 02h00 da madrugada no quadrante Leste, aquele em que nasce o Sol.

A melhor maneira para se ver os meteoros é ir até um local escuro, sentar confortavelmente em uma cadeira reclinável e admirar o céu relaxadamente. Como as noites estão mais frias, é sempre bom ter à mão um cobertor. Os meteoros devem aparecer em qualquer local do céu, mas as trilhas deixadas por eles vão parecer apontar para Eta de Aquário.

É isso. As dicas estão dadas. Agora é só torcer os dedos para o tempo colaborar e o sono não chegar antes da hora. Bons céus a todos!

Foto: No topo, carta celeste mostra a disposição das estrelas e planetas às 03h00 da madrugada de terça para quarta-feira. Observe que nessa hora o planeta Júpiter já está alguns graus acima do horizonte e subindo. Acima vemos a representação esquemática mostrando como a Terra cruza a esteira de partículas deixada pelo cometa. Créditos: Apolo11.com 

Direitos Reservados 

Ao utilizar este artigo, cite a fonte usando este link: 

Fonte: Apolo11 – http://www.apolo11.com/cometa_73p.php?posic=dat_20100504-082751.inc

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s